quarta-feira, 9 de abril de 2008

Luísa e a Formiga

Sábado à noite. Saímos para tomar sorvete, eu, o marido (na época namorado) e as duas filhas dele, Mariana e a caçula Luísa. Fomos a uma sorveteria antiga de BH, no bairro Floresta. Todo mundo já tinha elogiado o sorvete do lugar. “Ai que delícia”... um dos meus maiores prazeres é saborear um sorvetinho. Sou capaz de devorar um pote sozinha... Eu era a mais animada.
Chegando lá, cada um escolheu seu sabor, nos servimos e sentamos em uma mesa da calçada. Papo vai, papo vem, Mariana descobriu que em meio a massa doce e gelada de sua sobremesa, havia uma formiga.
Imediatamente, vendo o nojo da irmã, Luísa, do alto dos conhecimentos de seus 8 anos, soltou a pérola:
“Come Mariana, pois formiga faz bem para as vistas!”
E todos rimos com a sábia filosofia.

Um comentário:

Ana disse...

Oi Patricia,

hahhahaha... essa historia de formiga no sorvete. Deve ser cortesia! Eu encontrei seu blog no da Lurussa. Eu comecei meu blog ha poucos dias. Vou comentar sobre varios assuntos. Se quiser passe la pra dar uma espiada http://anagosta.wordpress.com
Beijos
Ana