terça-feira, 13 de maio de 2008

Início de Carreira



O primeiro dia que entrei em uma sala para lecionar, achei que ia ter diarréia. Estava tão nervosa, só tinha 15 dias de formada. Estava em uma cidade nova, sem grana, morando de favor e com um pavor danado de entrar em uma escola pública da capital. Um dia antes, no noticiário da tv, um aluno tinha agredido uma professora. Ai que medo! Ai que pânico! Para variar, fui dar aula em uma escola que tinha um "certo nome", nada bom por sinal. Cheguei na escola, me apresentei e comecei a ter uma conversa com meus alunos... Aos poucos fui perdendo o medo e o negócio foi rendendo. Dei três aulas, teve o recreio e voltei para a quarta. De repente, vários alunos saíram de uma sala aos berros e risos ao mesmo tempo. Uma fumaça saía da sala. Quando olhei no meu horário, vi que era a sala que eu teria que entrar. Chegando até a porta, percebi que alguém tinha colocado fogo dentro da lixeira! Eu não sabia o que fazer. E não fiz nada, por receio. No meu primeiro dia, tive uma surpresa dessas. Fiquei 15 dias nessa escola. Todas as tardes, eu chorava na entrada e na saída, de puro desgosto. E depois, desse início frustrado, passei por mais algumas escolas, nas quais sempre fui muito bem tratada.

Um comentário:

LuRussa disse...

Toda turma nova que se inicia, eu ainda sinto um friozinho no estomago....rs....acho q é normall !!
bjoss

LuRussa