sábado, 25 de outubro de 2008

Lucas



Quando eu era adolescente, mais precisamente aos 17 anos, aconteceu uma trágedia na minha vidinha, até então "Perfeita". Meu amigo, um grande amigo, diga- se de passagem, suicidou-se. O nome dele era Lucas, tinha 17 anos. Lembro-me muito bem: era mês de agosto de 2001 e quando cheguei na escola, o pessoal me falou da morte. Fiquei perplexa: não acreditava que meu amigo, pudesse ter feito uma coisa dessas. Matamos aula e fomos para o velório. Era ele mesmo. Dentro do caixão, com uma blusa branca que cobria o pescoço. Lá, fiquei sabendo que ele tinha quebrado o pescoço. Foi um baque... nunca tinha visto uma pessoa da minha idade morta. Luquinhas, como era chamado, era um menino quieto, na dele, super gente fina... Era um amigo legal. Gostava dele.
Os meus olhos não acreditavam no que eu estava vendo. Eu não acreditava. Até hoje, não acredito. Fez 7 anos e eu ainda não acredito. Amigo, onde quer que você esteja, saiba que foi muito bom ter te conhecido. Você foi um grande amigo! Não sei porque escrevi sobre isso, não sei porque me lembrei de você.

Um comentário:

onaitsirC disse...

Triste, tão triste é a morte, ainda mais d um amigo.
Não ha nada q eu possa dizer para amenizar essa tristeza, q não importa quantos anos se passe sempre permanecera. Então,posso apenas lhe oferecer meus pesames, e desejar q seu amigo onde quer q esteja,tenha encontrado a paz q tanto queria.

onaitsirC